241

V Encontro de Boas Práticas Educativas turma C01T01

Apresentação

"É preciso dar passos concretos, apoiar iniciativas, construir redes, partilhar experiências, avaliar o que se fez e o que ficou por fazer. É preciso começar." (Nóvoa, 2007). Neste postulado, no início de mais um ano letivo, convocamos os professores a participar no V ENCONTRO DE BOAS PRÁTICAS EDUCATIVAS, destinado a criar espaços de reflexão questionamento sobre boas práticas educativas impactantes, no sucesso educativo. O evento configura uma excelente oportunidade de dar visibilidade a muitas atividades com resultados extremamente positivos, não raro, confinadas ao interior do próprio Agrupamento, constituindo uma forma não só de as melhorar através da partilha, mas também de sensibilizar outros docentes para desenvolver projetos de intervenção em contexto educativo.

Destinatários

Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial

Releva

Para os efeitos previstos no n.º 1 do artigo 8.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores, a presente ação releva para efeitos de progressão em carreira de Educadores de Infância, Professores dos Ensinos Básico e Secundário e Professores de Educação Especial. Para efeitos de aplicação do artigo 9.º, do Regime Jurídico da Formação Contínua de Professores (dimensão científica e pedagógica), a presente ação não releva para efeitos de progressão em carreira.

Objetivos

- dar continuidade a uma atividade formativa promotora e valorizadora de boas práticas educativas; - potenciar o trabalho colaborativo continuado na promoção da qualidade e sucesso educativo, implicando e envolvendo alunos, docentes e parceiros na mesma causa; - aprofundar a reflexão sobre a natureza e âmbito de “boas práticas de educativas”; - divulgar o impacto de projetos e práticas pedagógicas dinamizadas por Professores e outros Técnicos de Educação; promover a discussão sobre metodologias diversificadas e inovadoras no processo de ensino e de aprendizagem; - criar oportunidades para o desenvolvimento da profissionalidade docente; - reforçar a cooperação institucional entre as escolas e entidades parceiras.

Conteúdos

10/09/2024 08:30 horas - Receção dos participantes 09:00 horas - Apontamento(s) de abertura: 09.30 horas - A arte do (im)possível: “Se eu mandasse na(s) Escola(s)!" - Aluno do 1.º Ciclo - - Aluno do 2.º Ciclo - - Aluno do 3.º Ciclo - Aluno do Secundário 10.00 horas - Sessão de abertura - Diretor do Agrupamento de Escolas Emídio Garcia - Diretor do Centro de Formação da Associação de Escolas Bragança Norte - Ministério da Educação (a confirmar) - Presidente da Câmara Municipal de Bragança (a confirmar) 10:30 horas - Intervalo 11:00 horas - Conferência "Escolas e professores: libertar o futuro” - António Nóvoa, Universidade de Lisboa Apresentação: Carlos Fernandes (Diretor do Agrupamento de Escolas Emídio Garcia, Bragança) 14:00 horas - Painel 1 - La formación permanente del profesorado y la innovación educativa- Sabela Fuertes Fernández – Diretora do CFIE de Benavente, Espanha e Antonio Luis García Morán. Diretor do CFIE de Zamora, Espanha - Ponte... nas Ondas! - Santiago Veloso - Vigo, Pontevedra, Espanha 15:30 horas – Debate 16:00 horas - Intervalo 16:30 horas - Workshops I W1) Maker Spaces – Liliana Fernandes e Cláudia Meirinhos W2) Técnica Vocal – Leonor Afonso (Serviço Educativo do Teatro Municipal de Bragança) W3) Avaliação digital W4) Inteligência Artificial W5) Experiências Low Cost: atividades experimentais para crianças do Pé-Escolar e alunos do 1.º Ciclo – António Velho W6) Castro de Avelãs: História, arte e cultura – Fernando Pereira W7) Modelação e pintura de pastas – António Meireles (ESE-IPB) W8) Pensamento computacional – Paulo Gonçalves W9) Cidadania no Secundário – DGE W10) Manuais Digitais – Irina Ribeiro (Leya Editora) 21:00 – Programa Cultural – … Local: Teatro Municipal de Bragança. 11/09/2024 08:45 horas – Receção dos participantes 09:10 horas – Conferência “O trabalho e a vida dos professores: O que diz a investigação?"- Assunção Flores, Universidade do Minho Apresentação: Mafalda Rocha (Diretora do Agrupamento de Escolas de Mogadouro) 10:00 horas – Debate 10:15 - Intervalo 10:45 horas - Painel 2 - Apresentação de práticas educativas dos agrupamentos 11:30 horas – Debate 11:45 horas - Painel 3 - Apresentação de práticas educativas dos agrupamentos 12:45 horas – Debate 14:30 horas - Workshops II W1) Maker Spaces – Liliana Fernandes e Cláudia Meirinhos W2) Técnica Vocal – Leonor Afonso (Serviço Educativo do Teatro Municipal de Bragança) W3) Avaliação digital W4) Inteligência Artificial W5) Experiências Low Cost: atividades experimentais para crianças do Pé-Escolar e alunos do 1.º Ciclo – António Velho W6) Castro de Avelãs: História, arte e cultura – Fernando Pereira W7) Modelação e pintura de pastas – António Meireles (ESE-IPB) W8) Pensamento computacional – Paulo Gonçalves W9) Cidadania no Secundário – DGE W10) Manuais Digitais – Irina Ribeiro (Leya Editora) 16:30 horas – Intervalo 17:00 horas – Conclusões – António Luís Ramos, diretor do CFAEBN 17:30 horas – Encerramento - Diretor do CFAE Bragança Norte - Vereadora da Cultura e Educação da Câmara Municipal de Bragança

Metodologias

As sessões a ministrar serão de cariz teórico e teórico/prático, essencialmente reflexivas, que incluem: 1. Abertura, com a clarificação da forma de funcionamento do Encontro (curso), dos respetivos conteúdos e objetivos, bem como do processo de avaliação. 2. Conferências 3. Mesa-redonda "A arte do (im)possível: “Se eu mandasse na(s) Escola(s)!”” 3. Painéis de boas práticas, com exemplos concretos e exequíveis de realização de projetos e atividades nas escolas, seguidos de momentos de debate e de reflexão. 4. As comunicações foram validadas pela Comissão Científica. 5. Workshops para exemplificação prática de exploração de conteúdos dentro e fora da sala de aula. 6. As sessões são sempre monitorizadas pela equipa formadora

Avaliação

Os formandos serão avaliados quantitativamente numa escala de 1 a 10 valores, de acordo com os critérios definidos pela Comissão Pedagógica do Centro de Formação, tendo em conta as orientações do Conselho Científico e Pedagógico da Formação Contínua de Professores, baseadas nos seguintes pressupostos/ponderação: • Nível de participação e interação dos formandos nos debates de ideias /reflexão pedagógica e nos workshops (40%); • Elaboração de um relatório individual temático, de acordo com os parâmetros de avaliação fornecidos aos formandos) (60%).

Bibliografia

Nóvoa, António. Professores: Libertar o futuro. São Paulo, Brasil: Diálogos. 2023.NÓVOA, António. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.Azevedo, J. (2015). Nenhum aluno pode ser deixado para trás! É preciso renovar os processos pedagógicos eaorganização das escolas. In Comunicação apresentada na Conferência EPIS-Empresários pela Inclusão Social, sobotema “Escolas de futuro”, realizada na Fundação Calouste Gulbenkian, a 17 de março de 2015Flores, M. A..Flores, M. A.. Currículo, Avaliação e Profissão Docente . Conceções curriculares, autonomia e flexibilidade e o papeldo professor (E-book) [Curriculum, Assessment and Teaching: Curricular conceptions, autonomy, flexibility and teacher's role (vol. I)]. Braga, Portugal: CIEC, Universidade do Minho. 2020

Anexo(s)

Cartaz do Vebpe

Observações

Site do 5ebpe: https://sites.google.com/view/5ebpe

Cronograma

Sessão Data Horário Duração Tipo de sessão
1 10-09-2024 (Terça-feira) 09:00 - 12:30 3:30 Presencial
2 10-09-2024 (Terça-feira) 14:00 - 18:30 4:30 Presencial
3 11-09-2024 (Quarta-feira) 09:00 - 13:00 4:00 Presencial
4 11-09-2024 (Quarta-feira) 14:30 - 17:30 3:00 Presencial
Início: 10-09-2024
Fim: 11-09-2024
Acreditação: CCPFC/ACC-126537/24
Modalidade: Colóquio
Pessoal: Docente
Regime: Presencial
Duração: 15 h
Local: Agrupamento de Escolas Emídio Garcia, Bragança

INSCREVER-ME